Consequencias Catastróthrix

Updated: Nov 16, 2018

O que acontece quando você mistura "primatas de estimação" e primatas nativos com fragmentação florestal e urbanização?


Nos últimos 100 anos, a Mata Atlântica foi reduzida para aproximadamente 8% de sua cobertura anterior, existem milhares de fragmentos e a conectividade entre os fragmentos maiores é certamente uma solução potencial para os danos biológicos que estão ocorrendo no Brasil. A Mata Atlântica deve recuperar áreas desse bioma para que o equilíbrio da biodiversidade possa ser restaurado. Se algo impactante não for feito, haverá duas espécies de primatas que serão extintas na natureza em um futuro muito próximo!

Nos últimos 40 anos, a liberação de saguis não-nativos longe de suas áreas naturais criou uma ameaça enorme e funesta para a sobrevivência das espécies nativas. A extensão potencial de espécies de saguis invasoras (que vivem muito longe de sua área de ocorrência natural) e os níveis de hibridização crescentes que agora existem, foram mostrados em um estudo feito no Estado de Minas Gerais, e se ações não forem tomadas para conservar as espécies nativas, elas logo serão perdidas!

O artigo com o título CALLITHRIX AURITA: A MARMOSET SPECIES ON ITS WAY TO EXTINCTION IN THE BRAZILIAN ATLANTIC FOREST foi publicado na Neotropical Primates em 2018, veja um trecho;

' O sagui-da-serra-escuro (Callithrix aurita) é um pequeno primata endêmico das regiões montanhosas da Floresta Atlântica do sudeste brasileiro. Essa espécie foi considerada “Vulnerável” (VU) na Lista Vermelha do Brasil, mas desde dezembro de 2014, ela foi reclassificada como “Em perigo” pela Lista Nacional de Espécies de Fauna Ameaçadas, como consequência da perda de habitat, da fragmentação florestal e, especialmente, da competição e hibridação com espécies de saguis invasores (Callithrix spp.). Este artigo oferece uma visão geral do estado de conservação atual do C. aurita e resume as últimas pesquisas

publicadas sobre a espécie. Também são descritos os esforços recentes direcionados para a conservação do C. aurita, que incluem os objetivos estabelecidos pelo Projeto de Conservação do C. aurita (projeto lançado em dezembro de 2014 por um amplo grupo de pesquisadores de C. aurita), e um conjunto de ações integradas que estão sendo realizadas para sua conservação. Entre estas ações estão a ampliação dos levantamentos das populações de C. aurita, o aperfeiçoamento do programa de criação de C. aurita em cativeiro, e o estabelecimento de novas áreas protegidas para servir como parte de um programa

de manejo da metapopulação de C. aurita. No entanto, apesar dos esforços atuais, o fortalecimento e a consolidação dessas ações urgentes de conservação para proteger o sagui-da-serra-escuro ainda dependem de uma variedade de fatores, como o aumento de colaborações institucionais e o aumento de apoio financeiro. Aumentar o apoio institucional e financeiro para a conservação de C. aurita melhorará decisivamente a nossa compreensão dos vários desafios à conservação do C. aurita e viabilizará o desenvolvimento rápido e efetivo de estratégias alternativas para mitigar as ameaças em curso à sobrevivência dessa espécie.'


(Leia o artigo completo (somente em inglês): clique aqui)


Outra iniciativa importante foi a proposta legislativa do estado de São Paulo, que está sendo analisada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente desde 2016 para estabelecer restrições reprodutivas para Callithrix alóctones legalmente mantidos em cativeiro, a fim de reduzir o excedente, reduzir saguis legalmente cativos e reduzir liberações indevidas de Callithrix exóticos na natureza.


O Programa de Conservação dos Saguis-da-serra está realizando uma campanha de conservação para salvar 2 espécies ameaçadas de extinção, ainda não é tarde, mas sem ações de conservação urgentes e duradouras, logo será!

Há várias maneiras diferentes de se envolver, seja um membro do PCSS para se manter em contato com os últimos avanços, acompanhar o andamento de pesquisa e ver maneiras de apoiar a equipe em nossa missão épica de salvar esses dois carismáticos macaquinhos!


Artigos relacionados (hyperlink)







CONSERVING MOUNTAIN MARMOSETS FOR present and FUTURE GENERATIONS

PRIVACY POLICY       

PRIVACY POLICY       

© Mountain Marmoset Conservation Program/Programa de Conservação dos Saguis-da-serra /NGO PREA