CONSERVING MOUNTAIN MARMOSETS FOR present and FUTURE GENERATIONS

PRIVACY POLICY       

PRIVACY POLICY       

© Mountain Marmoset Conservation Program/Programa de Conservação dos Saguis-da-serra /NGO PREA

programa de conservação dos saguis-da-serra

 

PCSS - equipe e parceRIAS

Dr. Rodrigo Salles de Carvalho    

Coordenador do PCSS | Pesquisador / Primatologista

 

Durante seus estudos de doutorado (2011 - 2015) sobre o C. aurita Rodrigo percebeu que esta espécie estava sob um risco maior do que estava sendo creditado a ela. Em 2014, ele promoveu uma reunião com primatologistas nacionais e internacionais, que se tornou o início de um caminho que levou ao atual Programa de Conservação dos Saguis-da-serra (PCSS). Desde então, Rodrigo trabalhou para compor uma rede de parceiros necessária para avançar com um plano de conservação efetivo para a espécie C. aurita.

ICMBio

Leandro Jerusalinsky 

Chefe do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros CPB / ICMBio

 

O CPB / ICMBio é a instituição governamental responsável por analisar todas as pesquisas e ações envolvendo primatas nativos brasileiros. Como chefe do CPB / ICMBio, Leandro tem uma visão global dos problemas que ameaçam todos os primatas brasileiros e é um mobilizador ativo e crucial no desenvolvimento do PCSS.

Mônica Mafra Valença Montenegro

Coordenadora do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros CPB / ICMBio

 

O CPB / ICMBio é a instituição governamental responsável por analisar todas as pesquisas e ações envolvendo primatas nativos brasileiros. Como coordenadora do CPB / ICMBio, Mônica está diretamente envolvida na coordenação de ações e grupos de trabalho relacionados aos primatas brasileiros ameaçados. Ela é uma participante ativa e crucial no desenvolvimento do PCSS.

quick

links

equipe brasileira

Equipe internacional

Financiadores

Contato

COLABORADORES E APOIADORES

O PCSS deseja agradecer a todos os envolvidos com o apoio a este programa de conservação, sem as contribuições dos parceiros e apoiadores neste programa, o mundo seria um lugar mais pobre.

 

Por que não se tornar um membro (é gratuito) e ser incluído em nosso relatório trimestral?

newsletter, envie-nos um e-mail pedindo para ser adicionado à lista de distribuição.

ESTADO DO RIO DE JANEIRO - NOVA FRIBURGO

Sonia Pena

Sônia é pedagoga e trabalhou como diretora em várias escolas de Nova Friburgo

Logo a partir seu primeiro contato com o Projeto de Conservação do C. aurita, Sônia abraçou o projeto e atuou concentradamente em promovê-lo na cidade, tanto procurando apoios institucionais como fortalecendo nosso conteúdo e objetivos com sua extensa experiência em educação.

Pierre da Silva Moraes

Professor de escolas de ensino médio em Nova Friburgo e Vereador desde 2012 na mesma cidade

Pierre foi o principal responsável pela proposição de lei junto à Câmara dos Vereadores de Nova Friburgo que oficializou o Callithrix aurita como patrimônio e espécie-bandeira da cidade. Pierre tem atuado de forma constante e firme junto à Câmara da cidade em defesa da conservação ambiental e do sagui-da-serra-escuro.

 

Aniceto José

Membro do conselho da APA Macaé de Cima na área de EA

É professor de ciências biológicas na rede particular de Nova Friburgo onde tem empregado o material de EA junto aos seus alunos de ensino médio. Aniceto também tem sido fundamental na fabricação dos jogos tanto com idéias como no uso de sua marcenaria. Como funcionário da Câmara de Vereadores de Nova Friburgo, foi um dos que auxiliou na criação da Lei do C. aurita. Foi diretor da Agenda 21 de Nova Friburgo no ano de 2016 e é um promotor ativo para a expansão do PCSS. Promoveu reuniões com a Associação de Guias de Turismo e com a Secretaria de Educação.

Bruno Felice

Biólogo, mestrado em educação ambiental e funcionário da Secretaria de Educação de Nova Friburgo

Bruno tem participado dos levantamento feitos em Nova Friburgo, atuado como intermediador junto com a prefeitura, e também na elaboração dos materiais de EA.

Alberto Leeze

Alberto is a wildlife photographer and has been a partner in field research

Alberto é fotógrafo da vida selvagem e tem sido um parceiro presente nas pesquisas de campo responsável por registros importantes das espécies nativa e invasoras de saguis na região de Friburgo e arredores. Tem prestado ajuda com a  elaboração dos materiais de EA e como representante do PREA em reuniões da Agenda 21.

 

Rodrigo Freitas

Biólogo e fotógrafo

Rodrigo tem participado de levantamentos e tem sido fundamental para os registros de filmagens dos saguis durante as pesquisas de campo.

ESTADO DO RIO DE JANEIRO - PARATY

Andressa Esteves da Cruz Gonçalves

Veterinária

Veterinária com mestrado sobre as características seminais do C. aurita pela Universidade Federal Fluminense, trabalha com manejo e reprodução de primatas e atuou no Programa de Conservação do sagui-da-serra-escuro (Callithrix aurita) em Paraty (RJ).

ESTADO DO RIO DE JANEIRO - RIO DE JANEIRO CITY

Daniel Gomes Pereira

Coordenador do Curso de Graduação em Medicina Veterinária e Chefe do Laboratório de Primatologia da Universidade Santa Úrsula, no Rio de Janeiro

Daniel iniciou sua pesquisa com C. aurita e hibridação em primatas no Parque Nacional da Serra dos Órgãos em 2005. Atualmente coordena pesquisas sobre hibridação de saguis e estratégias de conservação de primatas no Estado do Rio de Janeiro..

equipe   |   ESTADO DO RIO DE JANEIRO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO - GUAPIMIRIM

Professor Alcides Pissinatti

Chefe do Centro de Primatologia do Rio de Janeiro (CPRJ/INEA)

 

Alcides Pissinatti é um dos poucos veterinários que têm longa experiência com a criação em cativeiro do Callithrix aurita. O CPRJ é um parceiro fundamental no Programa de Criação em Cativeiro, pois é o único centro no Estado do Rio de Janeiro que detém a espécie Callithrix aurita.

Silvia Bahadian Moreira

Médica Veterinária do Centro de Primatologia do Rio de Janeiro (CPRJ/INEA)

 

Juntamente com o professor Pissinatti, Silvia é responsável pelos cuidados e melhoria significativa da população cativa de C. aurita dentro do CPRJ.

ESTADO DO RIO DE JANEIRO - PETRÓPOLIS / TERESÓPOLIS

Alessandro Antunes

Criador de materiais de Educação Ambiental

Alessandro trabalhou no Parque Nacional da Serra dos Órgãos de 2011 a 2015 e participou ativamente das pesquisas do C. aurita dentro do parque. A partir 2015 Alessandro coordenou grupos de ação de conservação em Nova Friburgo e Petrópolis e, além de participar de levantamentos, Alessandro iniciou um caminho pessoal para criar novos e atraentes materiais de educação ambiental sobre o C. aurita, aclamados por primatologistas como Anthony Rylands e Russell Mittermeyer.

Cecília Cronemberger

Coordenadora de Pesquisa do Parque Nacional da Serra dos Órgãos

Cecília tem sido uma parceira fundamental para as pesquisas realizadas neste Parque e está envolvida com pesquisa e monitoramento de C.aurita e híbridos desde 2006.

Jorge Luiz do Nascimento

Coordenador do Centro de Referência em Biodiversidade, no Parque Nacional da Serra dos Órgãos / ICMBio (Teresópolis, Rio de Janeiro, Brasil)

Desde 2015 está envolvido na manejo de áreas, pesquisa e monitoramento de C. aurita e de híbridos..

Marcus Machado Gomes

Biólogo, Sociólogo e Analista Ambiental

Marcus is biólogo, sociólogo e analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) responsável pela parte de Educação Ambiental do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Marcus tem sido um parceiro importante para efetivar o uso do material de EA nas escolas públicas da região de Teresópolis.

Vinícius Dias Netto

Biólogo e estagiário do Parque Nacional da Serra dos Órgãos

Como jovem biólogo Vinicius tem acompanhado ao longo de 3 anos uma sucessão de eventos relacionados ao saguis de uma área do Parque Nacional da Serra dos Órgãos.

Vitor Guniel Cunha

Biólogo e estagiário do Parque Nacional da Serra dos Órgãos

Vitor tem se dedicado a compreender a relação entre as demandas das comunidades locais e a possibilidade de inserção e assimilação das idéias e conteúdos de EA em áreas periurbanas de Teresópolis.

 
equipe   |   ESTADO DE SÃO PAULO

ESTADO DE SÃO PAULO - GUARULHOS

Cláudia Igayara

Veterinária Chefe do Zoológico Municipal de Guarulhos

O zoológico de Guarulhos tem uma longa história de cuidados em cativeiro com C. aurita, Cláudia tem sido fundamental na implementação de um programa de conservação ex situ para essa espécie e é a responsável dos livros de registro (studbook) dessa espécie.

ESTADO DE SÃO PAULO - SÃO PAULO

Márcio Port-Carvalho

Pesquisador e chefe da seção de animais silvestres do Instituto Florestal

Márcio tem 13 anos de experiência com primatas na região de São Paulo. É um dos pioneiros no movimento de conservação dos C. aurita no estado e tem trabalhado energicamente neste sentido.

 

Thaís Guimarães Luiz

Analista Ambiental do Departamento de Vida Selvagem da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo (DeFau / CBRN / SMA)

A DeFau é responsável pela conservação da fauna silvestre e o manejo da fauna exótica invasora do estado, e atua em diversas frentes como: monitoramento, desenvolvimento de ações, avaliação de projetos, elaboração de normas, modelos e pareceres, e emissão de licenças.

Thais é membro da Comissão de Vida Silvestre do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo, e membro do Grupo de a Técnico do Plano Nacional de Ação para os Primatas da Mata Atlântica e Preguiça Collar.

Wagner Lacerda

Biólogo e pesquisador do Instituto Muriqui de Biodiversidade

Wagner é um dos principais primatologistas focados em levantamentos do Callithrix aurita no estado de São Paulo, realizando levantamentos de áreas de ocorrência do sagui nativo e congêneres invasores.

 

 

 

ESTADO DE MINAS GERAIS AND ESPÍRITO SANTO - VIÇOSA

Fabiano Melo

Professor da Universidade Federal de Viçosa (UVF) e Presidente da Instituto Muriqui de Biodiversidade (MIB)

Fabiano é um dos principais responsáveis pelo programa de conservação do Muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus) coordenando levantamentos, acompanhamento e translocação de indivíduos. Mais recentemente Fabiano se tornou o coordenador do Centro de Reprodução e Cativeiro de Conservação da UFV, dedicado ao cuidado e recuperação do Callithrix aurita e do C. flaviceps.

ESTADO DE MINAS GERAIS AND ESPÍRITO SANTO - VITÓRIA

Renato Richard Hilário

Professor da Universidade Federal do Amapá

Durante seu curso de mestrado, Renato estudou a ecologia de um grupo de C. flaviceps (espécie irmã de C. aurita) e gerou novas informações sobre a espécie. Agora, Renato é professor da Universidade Federal do Amapá, mas ainda é um colaborador em análises e ações de conservação dos saguis ameaçados de extinção.

equipe   |   ESTADOS DE MINAS GERAIS E ESPÍRITO SANTO
 
 

quick

links

equipe brasileira

Equipe internacional

Financiadores

Contato

COLABORADORES E APOIADORES

O PCSS deseja agradecer a todos os envolvidos com o apoio a este programa de conservação, sem as contribuições dos parceiros e apoiadores neste programa, o mundo seria um lugar mais pobre.

 

Por que não se tornar um membro (é gratuito) e ser incluído em nosso relatório trimestral?

newsletter, envie-nos um e-mail pedindo para ser adicionado à lista de distribuição.

equipe  |  internacional

INGLATERRA

Dominic Wormell

Chefe do Departamento de Mamíferos da Durrell Wildlife Conservation Trust, Jersey, Channel Islands

Dominic trabalha na Durrell há mais de 29 anos. Ele é um especialista de renome internacional no manejo em cativeiro de saguis e micos, e contribuiu para vários programas de recuperação e reintrodução in-situ de pequenos macacos em seu ambiente natural na América do Sul. Dominic também promove a formação dessas habilidades necessárias para os conservacionistas continuarem em seus próprios países. Dominic esteve envolvido na primeira reintrodução na vida selvagem de um mico-leão-preto nascido em cativeiro e tem sido fundamental na geração de apoio para a restauração do habitat desta espécie, em parte através da iniciativa “Cans for Corridors” da Durrell.

Nic Dunn

Curador de mamíferos no Zoológico de Paignton, Whitley Wildlife Conservation Trust.

Nic trabalha com pequenos primatas há mais de 20 anos. Ele começou sua carreira ainda jovem no Shaldon Wildlife Trust em Devon, onde mais de 14 espécies de pequenos primatas foram criadas ao longo dos anos, e contribuiu para uma série de importantes programas de reprodução em cativeiro na Europa. Seu trabalho em zoológicos incluiu a ampliação de vínculos institucionais e parcerias nos países de origem dos primatas, fortalecendo a conservação baseada em zoológicos com a de vida livre. Nic atualmente preside o Comitê de Coleções Vivas da BIAZA, é membro do comitê de especialistas em zoológicos do governo do Reino Unido e, atualmente, monitora todas as espécies não-manejadas de Callie para a EAZA CALTAG e atua como a ligação de marketing in-situ para a TAG

 

FRANÇA

Eric Bairrão Ruivo

Diretor de Pesquisa, Acervo e Conservação do Zoológico de Beauval (França) e Diretor Executivo da Fundação Beauval de Conservação e Pesquisa da Natureza. Biólogo

Eric atualmente é presidente do Comitê de Conservação da EAZA e presidente o grupo do Grupo de Assessoramento Técnico (TAG) de calitriquídeos da EAZA, e nessa função ele está trabalhando ativamente para a conservação desses pequenos primatas. Iniciou em 2015 e ainda coordena o Programa Internacional de Conservação do Mico-de-mãos-brancas (Saguinus leucopus) na Colômbia.

HOLANDA

Warner Jens

Curador geral Apenheul Primate Park, Holanda

Warner tem 35 anos de experiência com primatas. Seus primeiros passos no campo da primatologia foram em 1979. Ele trabalhou por dois anos com gorilas e macacos do Novo Mundo (Saimiri, Cebus, Callithrichids) como guardião, antes de iniciar seus 4 anos de bacharelado em Zoologia, onde se especializou em Etologia e Ecologia. 

Após um breve intervalo em que trabalhou em uma pesquisa no famoso grupo de chimpanzés no zoológico de Burgers, com o professor J.A.R.A.M van Hooff como seu supervisor, ele retornou a Apenheul. Primeiro como curador assistente, e depois como curador geral. 

Durante esses anos, ele se especializou em manejo, genética, desenho de recintos e reprodução de primatas em ambientes abertos. Junto com o fundador da Apenheul, WIm Mager, ele desenvolveu novos padrões e idéias para o manejo, reprodução e exposição de primatas, que atualmente são amplamente aceitos e implementados nos zoológicos europeus. 

Warner é consultora da EAZA Callithrichid TAG e está ativamente envolvida na EAZA Great APE Tag, no Old World Monkey Tag e no Larger New World  Monkey TAG. Ele também foi coordenador, tanto do Woolly Monkey EEP quanto do Javaang langur EEP, por vários anos.

 
 
 
COLABORADORES E APOIADORES

O PCSS deseja agradecer a todos os envolvidos com o apoio a este programa de conservação, sem as contribuições dos parceiros e apoiadores neste programa, o mundo seria um lugar mais pobre.

Beauval Nature
Conservation
and Research
Foundation

 

France

Supports Surveys and Data collection

Shaldon Wildlife Trust

Shaldon, United Kingdom

Alameda Wildlife Conservation Park

 

 

    Gibraltar

Supporting the Conservation Breeding Initiative

mohamed bin zayed

United Arab Emirates

French Association of Zoos

France

Margot march biodiversity foundation

The Margot Marsh Biodiversity Foundation, administered by Conservation International

the Rufford foundation

United Kingdom